apsicologa.net.br
Doenças Psicossomáticas
 

Doenças orgânicas oriundas da mente

doenças psicossomaticas

 

Quem nunca teve uma dor de cabeça depois de receber uma notícia péssima?

 

Ou quantas vezes já ouviram por aí muitas reclamações de gastrite nervosa? Dor de cabeça sempre que precisa entregar um trabalho, gastrite por causa de apertos financeiros ou febre quando termina um relacionamento?


As doenças psicossomáticas são aquelas orgânicas, mas que têm fatores psíquicos muito determinantes para o seu surgimento.


Você pode ter qualquer quadro orgânico e ter uma explicação para aquele quadro. Uma fratura ou uma infecção, por exemplo, você sabe de onde veio.


Já as psicossomáticas são de origem psíquica. Hoje, os especialistas sabem que a mente influencia em qualquer doença.

 

Na verdade, todas as doenças são psicossomáticas, pois o aspecto psicológico está sempre envolvido. Mas é difícil garantir que a doença é fruto da mente, pois toda patologia tem uma soma de problemas orgânicos e psíquicos. 


As doenças psicossomáticas mais comuns, segundo Bombana são: gastrite, asma brônquica, hipertensão e psoríases (problemas de pele).


Para descobri-las é preciso avaliar o comportamento do paciente. Normalmente, o profissional detecta que tem algumas coisas que chamam a atenção: o jeito da pessoa, estilo de vida, modo como se relaciona com os problemas e compromissos.  

 


Doenças Psicossomáticas mais comuns

 

Úlcera

 

• Asma Brônquica

 

• Hipertensão Arterial

 

• Enxaqueca

 

• Artrite Reumatóide

 

• Distúrbios Alimentares

 

• Doenças Dermatológicas entre outras.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Situações mais comuns


A asma brônquica é muito comum em crianças. Se estiverem ansiosas, presenciando conflito entre os pais isso desencadeia uma crise de asma. Quando o ambiente se modifica, o sintoma melhora. Tem pessoas que têm gripe e ficam três dias em casa e melhoram. Em outras, a doença se prolonga, piora e causa outros problemas.
Outros quadros que também são muito comuns e têm a ver com o psiquismo, mas não são exatamente doenças, acontecem quando a pessoa está sob pressão, por exemplo, sente dores abdominais e até vômitos e isso está relacionado ao nervosismo. Não é uma doença, mas é um sintoma que tem clara relação com os fatores emocionais.
 
Segundo os médicos não há como controlar.

 

Quem costuma sofrer com isso começa a perceber que seu estado emocional influencia seu corpo. Passam a notar que dependendo do que elas estão vivendo elas têm mais facilidade para adoecer. E que apesar de ter consciência, não há como evitar.


A psicoterapia é uma grande ajuda para equilibrar as emoções e evitar patologias (doenças).

 

E há quem necessite até de medicamentos. As pessoas que tem Úlcera, Bronquite e outros problemas constantes precisam de tratamento psicoterápico e medicamentoso.

 

Quando o problema é eventual e passageiro não há necessidade de se preocupar. Se você tiver uma dor de cabeça por causa de um trabalho complicado que precisa entregar, uma vez é natural. Mas se a pessoa sofre com as dores toda vez que precisa entregar algo, ela está precisando da ajuda de um psicólogo também.


Saiba mais sobre Psicossomatização


Para entender um pouco mais sobre este assunto, leia o artigo sobre Psicossomatização, clique aqui.

 

 

 

Psicóloga Clínica Nathalie Beck | CRP: 06/105672

 
Telefones: (11) 2283-1888 / (11) 98873-3510 - E-Mail: nbeckpsicologa@gmail.com

Avenida Nova Cantareira, 3500 - Tucuruvi - São Paulo / SP

 
w/beck ppo